6 coisas que você deve considerar na hora de contratar um redator de verdade

6 coisas que você deve considerar na hora de contratar um redator de verdade

Você tem um negócio e sabe que o marketing de conteúdo é importante para ele. Criou um blog e agora precisa alimentá-lo com conteúdo relevante. Alguém lhe disse que a melhor coisa é contratar um redator.

Ótimo, você está no caminho certo.

Agora você precisa estar a par dos aspectos decisivos para a contratação de um bom profissional de redação.

Nas próximas linhas você irá conhecer 6 qualidades a se considerar na hora de buscar em um redator de verdade. Elas são baseados no livro Regras de Conteúdo, dos norte-americanos Ann Handley e C.C Chapman, especialistas em marketing de conteúdo. Confira!

#1. Faro para histórias

Os melhores criadores de conteúdo são aqueles que sentem o cheiro de uma boa narrativa. Uma história bem contada é capaz conduzir o receptor a uma jornada de mudanças e transformações. Por isso que para saírem da zona do “sou” e entrar na do “somos”, você e sua empresa precisam contar boas histórias.

Contratar um redator para blog que tenha ciência disso e domine uma boa narrativa é meio caminho andado para lançar bons conteúdos. 

#2. Intuição digital

Rick Burnes, que cria conteúdo para a Hubspot, diz que bons criadores de conteúdo compreendem como funciona a web: “A web é um ecossistema, e se você não compreender intuitivamente a dinâmica deste ecossistema, você não vai ajudar sua empresa a atrair visitantes online”.

Lembre-se disso na hora de contratar um redator. Se ele tiver uma boa intuição e souber contextualizar as coisas, pode ser de grande valia para o seu negócio.

#3. Uma paixão de amador

Procure por pessoas que já estejam online e criando conteúdo, até mesmo amadores (não quer dizer gente que escreva mal, ok?) que tenham um blog pessoal, compartilham fotos, criam vídeos, etc. A raiz da palavra amador é palavra latina para amor. Alguém que produz conteúdo para si mesmo com amor será capaz de fazer o mesmo pela sua empresa. Essa é uma grande dica!

#4. Alguém com tendência social e para vendas

Os melhores criadores promovem seu próprio conteúdo. Eles constroem e nutrem relações e sabem como usar essas relações para divulgar seu próprio conteúdo sem abusar das relações. É ideal encontrar um redator que entenda um pouco de vendas, alguém que compreenda o objetivo comercial do conteúdo. Ter um profissional com essas habilidades é uma verdadeira mão na roda sem sua estratégia de marketing de conteúdo.

#5. Mente aberta

No livro Regras de Conteúdo, quando esse ponto é citado, os autores citam o fato de alguns produtores de conteúdo torcerem o nariz para ideia de um trabalho embutido. Redatores que encaram o conteúdo como um fim e não como um meio. O “mente aberta”, nesse contexto, é o cara que sabe que seus textos devem funcionar dentro de uma estratégia e trazer resultados para a empresa, e não somente serem bem escritos e entregues.

#6. DDA (Déficit de Atenção)

Achou estanho? É só uma brincadeira. O que esse tópico diz na verdade é que você deve contratar um redator/produtor de conteúdo inquieto. Alguém que tenha paixão por inovação, que esteja sempre buscando novas ferramentas digitais e caçando um elemento mais brilhante.

Esse tipo de redator pode ser muito útil em sua equipe, pois pode ajudar você a encontrar novas formas de fazer a coisa acontecer.

Pronto para contratar um redator de verdade?

Este post teve o objetivo de te mostrar o que se deve buscar em um redator profissional. Com essas informações em mãos, você tem mais know how para encontrar um redator profissional que realmente faça a diferença em sua estratégia de marketing de conteúdo. Se você quiser trocar uma ideia diretamente comigo sobre isso, me envie um e-mail: marveconsultoria@gmail.com ou clique no botão abaixo!

contratar um redator

Paulo Maccedo

Paulo Maccedo é autor de livros sobre marketing e criação de riquezas e copywriter de resposta direta. Escreveu 2 livros best-sellers sobre escrita persuasiva, um deles, considerado o livro mais completo sobre copy do mercado brasileiro. Carioca, casado, pai do Peter Gabriel, gosta de rock, churrasco e literatura.

Deixe uma resposta

Fechar Menu