Como escrever um post de forma simples e descomplicada?

Como escrever um post de forma simples e descomplicada?

Quer saber como escrever um post?

Abra o Word e se comunique de forma simples…

Uma seguidora me disse um dia desses:

Sua mensagem me atraiu porque você escreve de uma forma que as pessoas entendem.

Para que serve o falar difícil se não para demonstrar forçosamente conhecimento e inteligência?

O ditado diz:

“Todo excesso esconde uma falta”.

O sujeito que insiste em usar termos demasiadamente difíceis, geralmente o faz por arrogância.

E arrogância costuma esconder incompreensão e insegurança.

A ideia é ser simples mesmo.

Ser confiante e apostar no “menos é mais”.

E pasme, isso dá um baita trabalho.

Sim, falar e escrever de forma que todos entendam é um tremendo desafio.

Sem contar que te livra de soar tolo. Afinal, o cara que emposta a voz e diz “Colóquio sonolento para gado bovino repousar” e vez de “História para boi dormir”, não está sendo outra coisa a não ser idiota.

O que autores e gramáticos aconselham há tempos, é o que vai ajudar você a saber como escrever um post de forma eficaz: 

Escreva como você fala.

A não ser que seu público-alvo seja formado por intelectuais, é preciso usar linguagem simples.

A leitura em um blog ou rede social precisa ser leve e agradável, pois assim se cativa os usuários.

E não pense que é porque as pessoas não gostam de ler.

Na verdade, é porque elas estão sempre mais abertas aos conteúdos que mais lhe chamam a atenção.

Seu texto está competindo com imagens, vídeos e áudios, formatos mais dinâmicos, em alguns casos.

Se a sua escrita não for atrativa ao leitor – e isso quer dizer não ter que fazê-lo pensar muito – ele provavelmente vai abandonar o seu texto.

As mídias sociais são canais de natureza informal e casual, nem sempre será útil produzir um artigo “elaborado demais”, aplicar beleza poética e compor orações dignas de um prêmio literário.

Portanto, escrever como você fala é essencial na receita de como escrever um post.

Em outras palavras, torne o conteúdo escrito amigável e acessível.

Não falo de empobrecer textos e diálogos, muito menos de limitar o vocabulário.

Trata-se de ser simples mesmo.

Escrever como se fala não é ser desleixado com a gramática.

Produzir conteúdos “de qualquer jeito” não é uma atitude inteligente.

É preciso cuidar para que a escrita seja bem construída, mesmo em tom informal.

No mínimo, evite publicar um texto com erros primários de gramática, erros de digitação e deslizes argumentativos.

Também não seja enfadonho e obscuro em sua abordagem. Treine para pensar como editor, ou ao menos tenha contato com algum profissional que lhe ajude quando for preciso.

Se por acaso você estiver produzindo para um cliente final, não entregue o texto antes de revisar pelo menos três vezes.

E aí, o post sai hoje?

PS.: Mais dicas sobre escrita para a internet no meu livro A Arte de Escrever Para a Web e Produzir Conteúdos Poderosos.

Paulo Maccedo

Paulo Maccedo é autor de livros sobre marketing e criação de riquezas e copywriter de resposta direta. Escreveu 2 livros best-sellers sobre escrita persuasiva, um deles, considerado o livro mais completo sobre copy do mercado brasileiro. Carioca, casado, pai do Peter Gabriel, gosta de rock, churrasco e literatura.

Deixe uma resposta

Fechar Menu