Como ganhar dinheiro como redator web – Por redatores profissionais

Como ganhar dinheiro como redator web – Por redatores profissionais

A área de redação tem muita importância para as empresas que desejam se destacar a partir do marketing digital. Sempre fui um entusiasta de melhorias nesse setor e uma das vertentes do meu trabalho é ajudar redatores a serem mais do que redatores. 

Acredito que dá para ganhar dinheiro como redator web e garantir resultados consideráveis – eu sou a prova viva -usando a produção de conteúdo como base, isso, claro, se você decidir ser mais que um freelancer. Se você pensa em seguir a carreira de redator, é preciso ter ciência disso. 

Recentemente lancei uma enquete numa comunidade de redatores administrada por mim dentro desse tema. A pergunta foi a seguinte:

O que você acha que um redator precisa fazer para ganhar dinheiro na internet?

As respostas foram incríveis. Pude perceber que há mais redatores com fome de empreender do que eu imaginava. Confira alguns comentários que tornaram o post riquíssimo em informação:

Luiz Guilherme de Carvalho:

Estudar, empreender e deixar de ser um empregado de si mesmo. O problema principal que eu vejo entre os redatores freelancers (não são todos, mas a maioria) é que eles não pensam na necessidade do cliente. O cliente só quer uma coisa: vender. Não se pode pensar no conteúdo simplesmente pelo conteúdo. Tem que pensar como aquele conteúdo vai levar o leitor a tomar a ação (vender, se cadastrar na lista, baixar o e-book, o que for).

Helga Bevilacqua:

Fortalecer seu nome no mercado e cobrar o preço que lhe convém.

Jean Carlos Nascimento:

Qualidade. O conteúdo é um produto muito diferente, então a entrega de valor é necessária para manter clientes, crescer a carteira e poder elevar o valor dos serviços.

André de Jesus Fonseca:

Para ser um redator que ganhe mais no mercado, o profissional precisa ser empreendedor. Negociar o custo, prazo e condições de trabalho, não parametrizar preços, prazos ou condições de trabalho, ser flexível. Investir na qualidade. Estudar, se empenhar ao máximo na melhoria constante do seu conteúdo, aprender a ouvir.

Cícero Nogueira:

Tem que aprender a dizer não (evitar cliente que suga demais). Tem que valorizar o seu trabalho (colocar um valor mínimo para cada tipo de conteúdo gerado e não aceitar ofertas menores). Tem que produzir bastante.

Fábio Seletti:

Na minha experiência (pessoal) o que pesa são 3 fatores: 1) mindset empreendedor. Quando alguém decide ser redator online, este decidiu também ser empresário. Portanto será necessário fazer o dever de casa: controle de custos, busca por networking e coisas afins. E dentro desse mindset há que se ressaltar dois fatores: 2) tem que saber atender e vender a própria solução e 3) entender as necessidades do público que está atendendo. Seu público é classe A, B, C, D ou E? Sabe diferenciar as necessidades desses públicos?

Ana Paula Venturela:

Na minha opinião, são quatro segredos: 1. Estudo contínuo (que vale para qualquer profissional) 2. Capacidade de entender o mercado e se adaptar a ele 3. Comprometimento com a execução do trabalho dentro de um padrão de qualidade e também dentro dos prazos estipulados e, por fim, 4. Valorar adequadamente o seu serviço (leia-se: não prostituir o próprio trabalho).

Fazendo uma ponte

Há algum tempo lancei um post no blog da Contentools, onde falava sobre como um redator freelancer pode empreender e fazer um negócio funcionar. Nele, apresentei dicas úteis para aumentar a escala e obter autoridade na web.

Só para você entender o contexto do que abordo no texto:

Antes da era do conteúdo digital, quem quisesse trabalhar como redator freelancer precisava encontrar uma agência interessada em seu trabalho para ser efetivado como funcionário. Isso acontecia (e ainda acontece) em diversos áreas. Hoje, porém, um redator não precisa ter um emprego fixo para viver.

Se ele for minimamente corajoso e um tanto visionário, poderá trabalhar de onde e quando quiser, graças à evolução tecnológica e ao avanço da internet. Este é o cenário do redator web, o profissional que consegue atender diversas empresas ao mesmo tempo, garantindo um salário razoável sem carteira assinada, sem bater ponto, sem “chefe”, sem trânsitos intensos ou longas viagens de ônibus. E o melhor: fazendo aquilo que ama.

Mas não são todos os redatores que conseguem ser bem-sucedidos. É preciso se destacar em meio a tanta concorrência. Mas como ser um redator requisitado, garantir muitas pautas e receber bem por isso? Como o título do artigo sugere, o segredo é empreender. Esse é um excelente caminho para o êxito como profissional do ramo de redação web.

Dos Primeiros clientes ao sucesso no mercado

Foi com a profissão de redator web que eu consegui empreender e conquistar alguns dos meus maiores sonhos. Se você quer entrar na profissão e gosta de ideia de como ganhar dinheiro na internet dessa forma, ou já está nela e quer ampliar seus resultados, aplique os conselhos dados por esses profissionais aqui no post.

Destaco qualidades pessoais de um redator empreendedor deve ter, de acordo com minha experiência: iniciativa, visão, coragem, firmeza, decisão, respeito ao ser humano, vontade de crescer e entusiasmo.

Se você quiser saber mais sobre como ingressar, se consolidar e conseguir clientes como redator web, sugiro fortemente que leia o livro…

Redator Freelancer: Dos Primeiros Clientes ao Sucesso No Mercado

Paulo Maccedo

Paulo Maccedo é autor de livros sobre marketing e criação de riquezas e copywriter de resposta direta. Escreveu 2 livros best-sellers sobre escrita persuasiva, um deles, considerado o livro mais completo sobre copy do mercado brasileiro. Carioca, casado, pai do Peter Gabriel, gosta de rock, churrasco e literatura.

Deixe uma resposta

Fechar Menu