Pesquisar
Close this search box.

Nada é comum se você souber como usar (dois rascunhos por 1500 dólares)

Ouça esse artigo:

No ano de 1924, um artista inglês chamado William Walcot decidiu viajar para Nova York para registrar algumas coisas sobre a beleza da cidade.

Em certa manhã, enquanto visitava o escritório de um colega, sentiu um desejo forte de esboçar alguma coisa.

Avistando alguns papeis sobre a mesa perguntou:

“Posso usar estas folhas?”

O colega respondeu:

“Estes papeis são para rascunho, apenas folhas de embrulho comuns”.

Sem querer perder tempo, e pronto para aproveitar seu surto inspirador, o artista pegou os papeis de embrulho e expressou:

“Nada é comum se você souber como usar”.

Naquelas folhas de rascunho, Walcot fez dois esboços. Mais tarde, no mesmo dia, um desses rabiscos foi vendido por quinhentos e outro por mil dólares, quantias realmente altas para a época.

Existem algumas coisas comuns que podem ser como papel nas mãos de um artista de talento. Se souber como usar as coisas, elas podem se tornar verdadeiros tesouros em suas mãos.

William Walcot foi um artista britânico arquiteto gráfico, notável como um praticante da refinada Art Nouveau (Style Moderne). Entre 1920 e 1930, ele se concentrou em arte gráfica e foi considerado o melhor desenhista de arquitetura em Londres.

Quem gostou deste artigo também leu:

Paulo Maccedo – Todos os direitos reservados 2023