Os lucros​ escondidos na lei da compensação

nuts-1213037_1920

Das minhas anotações não publicadas sobre realizações pessoais…

Eu observo um fenômeno que acontece desde o começo da humanidade: a lei da compensação.

Essa lei se baseia na ideia de que você sempre será compensado por seus esforços e por sua contribuição, seja lá o que for, por muito ou por pouco.

A partir dela, o valor gerado retorna a quem está fazendo mais do que se espera que se faça. Assim, quando uma pessoa dá mais, ela recebe mais.

Às vezes o retorno nem sempre vem de quem recebeu a dádiva ou o valor, mas vem. Pode chegar cedo ou tarde, mas sempre vem na mesma medida.

Pense naquela pessoa que você conhece que está sempre disposta a andar uma milha extra, que parece estar ansiosa para ajudar e fazer um trabalho bem-feito.

Sabe aquele seu colega de trabalho que faz hora extra, o pipoqueiro que joga o “chorinho” a mais no saco, o atendente que oferece a você um desconto, o produtor de conteúdo que está o tempo todo a ajudar?

Mesmo que ninguém os reconheça de imediato, ou diga “obrigado!”, o que eles fazem gera uma mensagem positiva.

Esse esforço extra, no mínimo, mostra a diferença entre o esforçado e o preguiçoso e pode soar como um ponto de exclamação em vem de um simples ponto.

Posso tentar resumir a ideia com a afirmação: o esforço extra costuma compensar você com prosperidade, tanto no coração, quanto na mente e no bolso.

Veja bem, no entanto, esse é um princípio frágil e precisa ser temperado com sinceridade. A dádiva não pode ser dada com intenção e interesse de retorno. O hábito de fazer mais precisa estar naturalmente no seu modo de vida.

Se você conseguir aprimorar a atitude prestativa pela simples alegria de ajudar e de fazer um trabalho bem-feito, isso se tornará parte da sua natureza e renderá ganhos inesperados em sua vida.

Tem sido assim com centenas de outras pessoas que eu observo, e comigo. Pode ser com você também, mas só se você não achar que isso é mais um daqueles papos motivacionais de livros de autoajuda que você lê numa sentada no vaso.

Tudo o que você precisa saber para gerar mais tráfego, mais leads e mais vendas usando o poder da persuasão e copywriting!

Paulo Maccedo

Paulo Maccedo

Analista de marketing, escritor best-seller, copywriter de resposta direta; criador do primeiro clube de copywriting do Brasil; autor do que é considerado o livro de copy mais completo em português; carioca, casado, pai do Peter e do Benício; gosta de rock, churrasco e literatura.
Paulo Maccedo

Paulo Maccedo

Analista de marketing, escritor best-seller, copywriter de resposta direta; criador do primeiro clube de copywriting do Brasil; autor do que é considerado o livro de copy mais completo em português; carioca, casado, pai do Peter e do Benício; gosta de rock, churrasco e literatura.

Deixe uma resposta

Quem gostou deste artigo leu um desses

Fechar Menu