[Técnica de Copy] “Mas você é livre!”

cat-3824986_1920

Aqui está uma técnica de Copy que vai ajudar você a vender mais…

BYAF – “But You Are Free”, em tradução, “Mas você está livre”.

Lembrar ao seu prospecto que ele tem liberdade de escolha é uma estratégia baseada na Psicologia que comprovadamente possui poderosos poderes de persuasão.

Um especialista chamado Christopher Carpenter, da Western Illinois University, conduziu uma análise mundial sobre este tópico. Ele examinou 42 estudos diferentes sobre BYAF com mais de 22.000 participantes.

Suas descobertas foram reveladoras: a BYAF dobrou a taxa de conversão quando empregada em praticamente todos os casos.

Deixe-me ser enfático: mais de 22.000 pessoas foram analisadas para comprovar que a BYAF dobra as taxas de conversão quando bem aplicada.

Exemplo prático: Digamos que você esteja vendendo um curso online com vagas limitadas e bônus exclusivos.

Você pode dizer algo como:

“Você pode ser um dos 19 participantes da nova turma do curso XPTO e garantir esses 3 bônus exclusivos, mas lembre-se: você é livre para decidir não entrar agora.”

Experimente fazer algo do tipo em seu próximo Copy…

Lembre ao seu potencial cliente que ele tem a liberdade de fazer uma escolha – e que ninguém o está forçando a agir. Este simples lembrete pode fazer toda a diferença!

Tudo o que você precisa saber para gerar mais tráfego, mais leads e mais vendas usando o poder da persuasão e copywriting!

Paulo Maccedo

Paulo Maccedo

Analista de marketing, copywriter de resposta direta e escritor best-seller. É autor do que é considerado o livro sobre copywriting mais completo em língua portuguesa. Carioca, casado com a Patricia, pai do Peter e do Benício. Nas horas vagas, é ouvinte de boa música, fazedor de churrasco, mergulhador em literatura clássica e entusiasta de motocicletas.
Paulo Maccedo

Paulo Maccedo

Analista de marketing, copywriter de resposta direta e escritor best-seller. É autor do que é considerado o livro sobre copywriting mais completo em língua portuguesa. Carioca, casado com a Patricia, pai do Peter e do Benício. Nas horas vagas, é ouvinte de boa música, fazedor de churrasco, mergulhador em literatura clássica e entusiasta de motocicletas.

Deixe uma resposta

Quem gostou deste artigo leu um desses

Todos os direitos reservados 2020