Sobre escrever bem, influenciar pessoas e ganhar dinheiro

Sobre escrever bem, influenciar pessoas e ganhar dinheiro

Sabe o Flávio Augusto da Silva, bilionário dono do Orlando City e fundador da WiseUp? No meu livro a “Arte De Escrever Para A Web”, cito a seguinte fala dele:

Aprenda a escrever bem. Com o avanço da internet, a necessidade de produção de conteúdo online cresce todos os dias. Logo, quem souber escrever bem encontrará várias oportunidades de negócios na web.

Flavio é, como a maioria dos grandes empresários, uma pessoa muito ocupada. Mas ele pessoalmente posta textos em suas redes sociais praticamente todos os dias. Além disso, compôs a popular série de livros “Geração de Valor”.

Seth Godin, um dos magos do marketing moderno, é o que também podemos chamar de empreendedor bem-sucedido. Ele mantém um blog atualizado desde o começo dos anos 2000; foram mais de 6000 posts nesse tempo.

Godin também escreveu muitos livros, sobre diversos temas, mas foram os livros que veiculam suas ideias de marketing que o tornaram mais famoso. Ele é autor de 18 títulos que são sucesso em vendas. Aliás, seu último título virou best-seller no primeiro dia de lançamento.

Quando o assunto é publicidade, cito apenas 3 nomes: Claude Hopkins, David Ogilvy e Bill Bernbach. Todos construíram fortuna usando a habilidade de escrever. Ajudaram marcas a conquistar fama, tornaram-se redatores requisitados e até hoje são lembrados pela maestria com o uso das palavras.

Napoleon Hill e Dale Carnegie são dois mestres do desenvolvimento pessoal. O primeiro foi um escritor influente na área de realização e o segundo na área de oratória e comunicação pessoal. A principal obra de Hill já passou por mais de 50 edições e traduções; já Dale vendeu durante e pós-vida mais de 60 milhões de cópias de livros, que foram impressas e publicadas em nada menos que 38 idiomas.

No meu novo livro, “Copywriting”, cito 4 americanos e 5 brasileiros (alguns amigos próximos) que se valem da escrita para fazer negócios. Usam palavras para se comunicar melhor com seus públicos e, assim, conseguem tornar suas empresas maiores e mais lucrativas.

O ponto central da minha mensagem, principalmente nos meus três livros, “Redator Freelancer”, “A Arte De Escrever Para A Web” e “Copywriting” — além de contribuir com a comunicação no mundo do marketing e dos negócios — é mostrar que é possível viver da habilidade de escrita e transformar palavras em capital.

Não estou falando de erudição, nem de escrita artística; não me refiro a criar literatura atemporal propriamente dita; não é sobre ser o próximo Machado de Assis ou G. K. Chesterton. Isso definitivamente é para quem tem vocação.

Estou falando de comunicação no mais alto nível, de ser capaz de redigir um texto eficaz, de se fazer ser entendido, de levar pessoas a agir através do que se comunica.

Todo mundo aprende — ou pelo menos deveria aprender — a escrever. Mas poucos aprendem a escrever bem. E menos ainda aprendem a escrever a ponto de influenciar pessoas e fazer negócios com isso.

Nos últimos 4 anos, eu treinei pessoalmente centenas de redatores com meus blogs, cursos e livros. Sempre destaquei para eles: “Vocês têm o poder em mãos se conseguem escrever bem, porque assim conseguem levar pessoas à ação”. (Daí vem a ideia de escrita poderosa presente nas minhas obras).

Infelizmente, poucos redatores se destacam no mercado hoje. A maioria ainda não entendeu que não basta ser bom e ganhar algum dinheiro, tem que ser um excelente comunicador e pensar grande. E isso não se consegue apenas lendo posts em redes sociais, mas buscando um conhecimento mais profundo. Tem que dominar pela raiz.

Também falo dos empreendedores e marqueteiros. Vejo muitos deles se esforçando para aprender inúmeras coisas, mas pouquíssimos decidindo aprender a se comunicar com verdadeira eficácia. Eles não sabem que boa parte de seus problemas seria reduzido com um bom domínio da língua.

Resumindo, aprenda a escrever bem e torne-se um comunicador eficaz. O poder de influência será seu.

Paulo Maccedo

Paulo Maccedo é profissional de marketing e copywriter. Autor de 2 livros best-sellers sobre escrita persuasiva, um deles considerado o mais completo livro sobre copy do mercado (que ficou entre os mais vendidos e esgotou a primeira edição em apenas 24 dias no Brasil).

Deixe uma resposta

Fechar Menu