Como gerar muito tráfego e conversões em seu blog com 1 artigo

Como gerar muito tráfego e conversões em seu blog com 1 artigo

Você já deve saber que publicar conteúdo é a melhor tática que você pode adotar para aumentar seu tráfego e conversão, não é mesmo? E se eu dissesse para você que além de um cronograma editorial com posts recorrentes para gerar visitas, é possível elevar seus resultados com apenas um tipo de conteúdo?

Achou interessante? Bem, é isso que tenho conseguido garantir para meu negócio e no negócio de muitos dos meus clientes. E não é nada mirabolante e complicado. É redação, ou melhor, conteúdo, prático e eficaz. Neste post vou mostrar para você como tenho produzidos alguns artigos que têm gerado muito valor para as plataformas onde são publicados e para os seus visitantes. O formato é o conhecido como conteúdo evergreen.

Mas antes de explicar o que é, deixe-me fazer três perguntas:

– Como você enxerga a missão do conteúdo em seu blog?

– Existe alguma preocupação de sua parte quanto à relevância do que você publica?

– Você escreve com planejamento ou produz a esmo?

Se você vem fazendo como a maioria dos donos de sites, publicando conteúdo sem objetivos definidos, sinto lhe dizer que seu esforço está sendo inútil. Lembre-se: conteúdo que não converte, não passa de publicação gratuita.

Beleza, agora que eu disse isso posso entrar definitivamente no assunto que quero explorar: conteúdo evergreen. Entenda como isso funciona!

Como o conteúdo evergreen vai potencializar os resultados do seu blog

Tenho trabalhado com um formato de artigo maior que continua relevante ao longo do tempo. Ele funciona como um “post chapéu“, um conteúdo fixo onde existem saídas para outros conteúdos e produtos. Ele também costuma conter um bom número de informações úteis e relevantes para os visitantes e seguidores dos blogs onde público.

Os produzo com base no conceito de conteúdo evergreen.

Para você entender melhor, pense no assunto principal de seu blog: Emagrecimento? Marketing Digital? Conversão? Coaching transformacional? Viagens? Agora pense em um artigo de 2000 a 4000 palavras expondo alguns dos principais pontos relacionados a este assunto. Um post completão.

Um artigo bem escrito com informações úteis para sua persona, que dê respostas para algumas de suas questões, que alimente suas expectativas e lhes conscientize sobre os produtos e serviços que você oferece. Conseguiu visualizar?

Imagine também que neste mesmo artigo contenha diversos links para subtemas do assunto central. Por exemplo, se o tema principal é marketing digital, mas você é especialista em tráfego, o artigo pode conter links para outros posts que você escreveu sobre geração de visitas, links patrocinados e etc.

O contrário também funciona. Ou seja, direcionar links de outros artigos menores do site para este, o que irá torna-lo mais relevante e com mais autoridade.

Ao redigir este artigo, ele poderá estar constantemente atualizado sobre o tema, com novos links e abordagens, mas a base continuará a mesma. Ou seja, ele será perene, sempre importante para sua já audiência e para os novos visitantes.

Esta é uma grande vantagem do conteúdo evergreen: ele mantém seu valor e continua relevante para o leitor mesmo muito tempo após ter sido publicado. Certa vez li algo sobre o assunto que achei muito interessante:

“Um leitor não precisa saber quando uma receita de bolo foi criada para conseguir fazer o bolo, afinal, as instruções não mudam. Uma notícia sobre uma tragédia no Oriente Médio, por outro lado, já não é relevante após alguns dias (ou até mesmo horas!)”

A ideia então é fugir dessa coisa mais voltada para o jornalismo, mais instantânea e fazer algo que gere resultados por bastante tempo. “Ei, isso é uma grande sacada!” Como dizem no mercado.

As vantagens de se produzir um conteúdo evergreen

Como outros tipos de conteúdo, são diversas as vantagens, mas posso destacar aqui:

Maior potencial de otimização

O Google utiliza como critério o tamanho do artigo juntamente com aplicação das palavras-chave e relevância do tema para ranquear os melhores conteúdos.

Explorando bastante os termos relacionados ao seu negócio no conteúdo evergreen, com certeza ele aumentará os resultados de ranqueamento e tráfego, além de proporcionar uma melhor experiência para os seus leitores.

O assunto em si será bem destrinchado e o seu blog ficará mais bem posicionado nos resultados das pesquisas realizadas pelo usuário. Mesmo que ele não tenha todas as respostas, será um conteúdo para educação de leads. Saiba mais sobre isso aqui!

Maiores chances de conversão

Em ganchos no artigo, você pode acrescentar links que levem até páginas de capturas onde o leitor irá se cadastrar. Você pode promover ofertas de conteúdo para download (e-book, por exemplo) e até linkar seus produtos ou produtos de afiliados.

Nesse caso, a linguagem pode ser mais persuasiva e você pode se valer de técnicas de copywriting para levar o cliente a uma ação. Usando gatilhos mentais e chamadas (CTAs) em locais estratégicos (não apenas no fim), seu potencial de conversão será elevado e você poderá aumentar seu número de leads ou gerenciar os membros da sua lista que se engajam com o artigo.

Outro exemplo são conteúdos mais formais, que podem explicar o panorama de sua área de atuação. Essa é uma ótima forma de explicar o propósito de seu trabalho para sua audiência. Você pode escrever um artigo híbrido, institucional/persuasivo, que informe e eduque seus clientes em potencial.

Tamanho é documento?

Já se pregou muito que não era o tamanho do post que convertia, mas sim, a profundidade, mesmo que o artigo fosse pequeno. No entanto, um estudo da Hootsuíte provou que os posts maiores convertem mais. A partir do dia que obtive esta informação comecei a escrever artigos estratégicos maiores.

Este fato me fez enxergar que o padrão de formatos de artigos para blog ainda praticado por agências está ficando para trás. Não que escrever artigos de 500 a 600 palavras se tornou inútil, mas é preciso “falar mais” para o leitor engajado, principalmente quando ele já avançou na jornada de compra.

Vale ressaltar também que muitas agências de conteúdo no Brasil não costumam produzir conteúdos de fundo de funil, mas eles são extremamente importantes para uma estratégia de marketing de conteúdo. A alternativa, nesse caso, é variar o tamanho dos artigos, e usar os menores para o topo de funil, e os maiores para as etapas de decisão.

Dentro desse princípio, e com ideia de tornar o editorial de blogs algo mais interessante, comecei a testar a ideia de fazer um artigo grande para otimizar a estratégia de posts.

Tenho alguns casos de sucesso nesse sentido, alguns irei divulgar para você agora!

Casos de sucesso com o conteúdo evergreen

Há pouco mais de um ano, redigi um artigo de 3000 palavras com esta proposta para uma empresa de marketing digital. Tempos depois soube que este conteúdo era responsável por grande parte do tráfego orgânico e do engajamento no blog.

Ele contém links (como expliquei antes) vindo de outros conteúdos complementares e está sendo constantemente atualizado. Sem contar também que a palavra-chave principal é fortíssima e foi bem trabalhada no conteúdo.

Na empresa ao qual sou responsável pela estratégia de conteúdo, a Mentalidade Empreendedora, começamos a praticar isso de forma mais recorrente, só que usando conteúdos evergreen para diversos assuntos.

Por exemplo, temos um post falando sobre programa de afiliadosque é um verdadeiro guia para quem está desejando empreender na internet. Nele indexamos os principais artigos, ferramentas e produtos que o leitor pode acessar para entender melhor do assunto. O estilo é tutorial.

Temos um outro post, que se mantém na primeira página do Google há dois anos, sempre disputando o primeiro lugar no ranking. A palavra-chave é ampla, bem disputada, mas como o artigo foi composto no conceito de conteúdo evergreen, tem gerado bastante resultados em tráfego.

Existe um outro que tive o prazer de contribuir, que é voltado para o setor de e-commerce. Foi feito com a intenção de servir como guia de tráfego e conversões para lojas virtuais.

Aqui no meu blog, toda a minha estratégia é baseada em posts maiores, conceituais e perenes. Nos meus artigos costumo expor um panorama geral sobre o tema abordado, dando o máximo de dicas e informações que considero relevantes.

Como produzir um conteúdo evergreen para o seu blog

Lembre que sua intenção é saber como aumentar os resultados da sua estratégia, por isso sempre faça um bom planejamento sobre o artigo a ser redigido.

#1 – A primeira coisa a ser pensada é o objetivo. O que você deseja que seu leitor-alvo faça após a leitura do artigo?

Alguns objetivos que podem ser alcançados com o conteúdo evergreen:

  • Visão sobre você ou sua empresa como autoridade no assunto.
  • Aumento de tráfego através do alcance orgânico.
  • Mostrar maior clareza no assunto abordado, educando as pessoas sobre seu serviço;
  • Gerar conversões ao término ou durante a leitura (ex. cadastro em uma landing page).
  • Incentivar a compra (ex.: condução para sua página de vendas).

#2 – Escolha um bom tema (de preferência o principal abordado em seu blog)

Exemplo: marketing de conteúdo, emagrecimento

#3 – Pesquise as palavras-chave mais relevantes para darem base ao artigo. Defina a principal e trabalhe nela

A palavra-chave principal de um dos meus conteúdos evergreen é: o que é marketing de conteúdo

#4 – Faça pesquisas sobre o cenário desse assunto na internet (o que os outros sites estão falando sobre ele?)

Pesquise em sites das empresas líderes do setor.

#5 – Reúna os principais dados e fatos que você irá abordar no artigo (só aplique os mais relevantes).

Escolha boas fontes

#6 – Comece a definir os artigos externos e internos e direcione links no conteúdo (separe aqueles que tem mais autoridade).

Escolha outros bons conteúdos do seu blog e faça guest posts.

#7 -Determine o número de palavras. Não existe um padrão, mas meu conselho é que você não trabalhe com menos de 2000. Este é um bom tamanho para começar.

Faça com que o conteúdo seja dinâmico, para reter a leitura.

#8 – Pense em conversão e escolha bons call-to-actions para aplicar em pontos estratégicos do seu conteúdo evergreen.

Aprenda mais sobre call-to-action aqui.

Títulos e abordagens para um bom conteúdo evergreen

É interessante pensar em títulos poderosos para seu conteúdo evergreen. Aqueles usados para materiais ricos como e-books, whitepapers e vídeos, podem funcionar muito bem: “Guia”, “Tutorial”, “Passo a Passo”, “Método”, entre outros termos desse tipo podem ser usados.

O objetivo é dar ao leitor a ideia de que o artigo é mesmo completo sobre o assunto. Henrique Carvalho, do Viver de Blog, explora muito bem isso nos artigos que escreve. Aliás, ele arrebenta em todos os posts de seu blog.

Cada conteúdo que ele lança é uma verdadeira aula para seus leitores. São posts gigantes com muitas informações importantes, o que faz com que ele gere bastante autoridade para sua empresa. Quando paro para ler, não pulo uma palavra.

Se for você o autor, não se preocupe com o fato de seu artigo fique grande, claro, desde que seu trabalho seja bom, e que a abordagem do artigo não torne a leitura enfadonha. [Espero não estar sendo!]

Ideias de títulos para seu Conteúdo Evergreen:

    • Guia Completo Sobre [assunto principal de seu blog]
    • Método Testado sobre [técnica/tática]
    • Passo a passo para garantir [benefício] para sua empresa
    • Tutorial sobre como [fazer alguma coisa] e garantir [benefício]
  • Panorama sobre [meu assunto principal] para você ficar por dentro

Mas essas são apenas algumas ideias. Destaco mais uma vez que a ideia é fazer um conteúdo bem completo, mesmo que isso não fique explícito. No caso do Head Text que fiz sobre minha área de atuação, decidi aplicar o termo “aprenda de uma vez” para o leitor captar que existem bastante informação no artigo

É interessante pensar em títulos poderosos para seu conteúdo evergreen. Aqueles usados em ofertas de conteúdo, como e-books, whitepapers e vídeos, podem funcionar muito bem: “Guia”, “Tutorial”, “Passo a Passo”, “Método”, entre outros termos desse tipo podem ser usados.

O objetivo é dar ao leitor a ideia de que o artigo é mesmo completo sobre o assunto. Henrique Carvalho, do Viver de Blog, explora muito bem isso nos artigos que escreve. Aliás, ele arrebenta em todos os posts do seu blog. Se você não conhece, vale a pena conferir.

Cada conteúdo que ele lança é uma verdadeira aula para os seus leitores. São posts gigantes com muitas informações importantes, o que faz com que ele gere bastante autoridade para sua empresa. Quando paro para ler, não pulo uma palavra.

Se for você o autor, não se preocupe com o fato de seu artigo fique grande, claro, desde que seu trabalho seja bom, e que a abordagem do artigo não torne a leitura enfadonha. (Espero não estar sendo). Destaco mais uma vez que a ideia é fazer com que o conteúdo evergreen seja bem completo, mesmo que isso não fique explícito.

Então

Se você criar vários conteúdos neste estilo explicando a definição de termos do seu mercado, você estará criando uma “biblioteca” para seu público-alvo, terá a oportunidade de posicionar melhor o seu blog, conseguirá mais visitas e mais conversões.

Este foi meu artigo sobre conteúdo evergreen e o sucesso de seu blog. Caso você tenha alguma dúvida ou acrescentar algo, fique à vontade para usar o espaço abaixo. Eu leio todos comentários e procuro responder a maioria. Então não fique tímido, interaja comigo.

Eu disponibilizo pacotes de conteúdo evergreen para empresas e empreendedores digitais. Este serviço é extremamente personalizado e tem gerado bons frutos para os sites e blogs de meus clientes. Se você quiser saber mais sobre isso,  acesse a página de contato e deixe uma mensagem.

Sim, quero saber mais!

Paulo Maccedo

Paulo Maccedo é autor de livros sobre marketing e criação de riquezas e copywriter de resposta direta. Escreveu 2 livros best-sellers sobre escrita persuasiva, um deles, considerado o livro mais completo sobre copy do mercado brasileiro. Carioca, casado, pai do Peter Gabriel, gosta de rock, churrasco e literatura.

Este post tem 10 comentários

  1. Mais uma vez, excelente texto Paulo! Obrigado por compartilhar!

    1. Fala Pablo! Eu que agradeço meu irmão…

    2. Sua presença muito me alegra.

  2. Artigo de altíssima qualidade valeu pelas dicas posta nesse artigo muitas vezes um artigo apenas traz muitas vendas, eu mesmo tenho experiencia disso obrigado por compartilha.

    1. Olá, Daniel!
      Fico grato pela sua presença, atenção e comentário.
      Valeu mesmo!

  3. Paulo, excelente conteúdo!
    Não tinha ouvido falar ainda nesse evergreen!
    Obrigada por compartilhar informações desse nível 😉

    Sucesso!

    1. Olá, Bel!
      Fico feliz que tenha gostado.
      Espero te ver sempre por aqui.
      Abraços!

  4. ola paulo maccedo

    fantásticas suas dicas realmente gerar valor e ter um action de realmente muito poderoso
    depois que gerar a autoridade as coisas fica mais facil

Deixe uma resposta

Fechar Menu