Como escrever um guest post incrível e aumentar sua credibilidade na internet

guest post

Se você é empresário, empreendedor digital, blogueiro, produtor de conteúdo, profissional liberal e quer tornar sua expertise reconhecida, é muito importante que aprenda a gerar um guest post de qualidade. Ou melhor, de extrema qualidade. Afinal, nunca se sabe o que vai acontecer quando você publicar em outras plataformas além das suas.

No artigo sobre guest posting, expliquei o porquê é importante usar este tipo de publicação para aumentar a visibilidade e se posicionar como especialista. Hoje eu vou mostrar como colocar isso em prática. A ideia é te deixar plenamente preparado para criar um conteúdo incrível, capaz de aumentar consideravelmente sua credibilidade na internet. Isso te interessa, não é mesmo?

Aliás, aumento de visibilidade e construção de credibilidade é um dos assuntos que eu abordo em minha comunidade virtual. Já faz parte? Cadastre- se aqui!

Independente do seu objetivo profissional, você precisa construir sua credibilidade. E publicar em sites e blogs alheios é uma excelente maneira de fazer isso. Quando sou convidado para produzir guest posts, me imagino indo palestrar em um grande evento. Lá estarão pessoas que me conhecem e outras que nunca ouviram falar de mim. De qualquer forma, eu preciso entregar um conteúdo incrível, pois é a minha imagem que está em evidência.

Tenho dito que visibilidade é uma chave para os negócios. Pois bem, credibilidade é outra. E veja só, quando você aprende a promover sua mensagem, seja falando ou escrevendo, as pessoas vão te dar o crédito devido. Lembre-se: o crédito é proporcional ao seu nível de entrega. Por isso que é preciso levar muito a sério essa coisa de guest post.

Como escrever um guest post indiscutivelmente incrível: a preparação

guest post

Há um processo que eu procuro cumprir quando vou produzir um guest post. Este é exatamente o passo a passo que eu executo para que tudo saia perfeitamente bem. Nessa primeira parte, você terá um pequeno guia para preparar um conteúdo memorável, desde a conversa e o estudo da audiência, até do domínio do assunto a ser desenvolvido. Acompanhe!

Converse com o anfitrião

Você precisa saber quais são os objetivos do anfitrião, ou seja, do blogueiro que te convidou para escrever na plataforma dele. Para que hajam resultados, as intenções precisam estar claras. Qual é exatamente a proposta do convite? Conscientizar a audiência sobre o tema abordado? Aumentar o nível de conhecimento que eles têm sobre o assunto? Gerar mais visitas? Engajamento? Enfim, o objetivo deve ser posto em pauta, mesmo que seja um objetivo pequeno.

Estude a audiência da plataforma

Agora que você já sabe o que dono do blog quer, se informe sobre o perfil de público dele. O que eles costumam consumir? Como se comportam na rede? Como interagem com as postagens? Você pode descobrir isso perguntando ao anfitrião e também observando o comportamento dos leitores, nos espaços de comentários dos posts já publicados, ou em grupos do Facebook (se houver). A ideia é ser mais certeiro na forma de comunicar a mensagem no guest post.

Verifique o uso das palavras-chave

Importante que você planeje as palavras-chave que serão usadas no post. Para não correr o risco de produzir um post com um termo de busca que já tenha sido utilizado pelo blog, o que pode causar conflito no SEO. Nada impede que você escreva apenas pensando em um assunto importante para a audiência que não tenha uma palavra-chave especifica, mas assim como você faz em seu blog, é bom otimizar seus guest posts para aumentar os resultados de tráfego. Até porque quanto mais seu conteúdo for bem encontrado, mas ele vai gerar visibilidade para você.

Defina um objetivo específico

Não perca o seu objetivo de vista e sempre trabalhe pensando em vantagens duplas. Ou seja, pensando no retorno tanto para a plataforma, quanto para você. Além de saber o que a pessoa que te fez o convite espera, defina o seu objetivo como autor. Já que estamos tratando de visibilidade e credibilidade, a intensão pode ser fazer com que as pessoas conheçam melhor o seu trabalho, levar mais visitantes para o seu blog, etc. Aliás, nunca se esqueça também de colocar links estratégicos no seu guest post (mais à frente falarei mais sobre isso).

Domine bem o assunto abordado

O ideal é que o assunto tratado seja do seu conhecimento. Os meus guest posts, por exemplo, costumam ser sempre voltados ao marketing de conteúdo, pois é o assunto de minha expertise. Não há regra, porém, e você pode escrever sobre outros assuntos, mas obviamente, devem fazer ponte com alguns de seus projetos. Não rola escrever um guest post sobre flores se o que você está promovendo são carros, entende? Então sempre trate daquilo que você saca bem, e que isso esteja sempre contextualizado com o seu objetivo como profissional ou como empresa.

Como escrever um guest post indiscutivelmente incrível: a criação

guest post

Agora vou falar diretamente sobre o processo de criação. Da reunião das ideias até quando você desenvolver o tema para engajar o leitor. Aqui é onde o guest post toma forma.

Reúna e ponha as ideias em ordem

Qual a maneira mais apropriada de preparar um conteúdo incrível? Simples: procurar no âmago de seus conhecimentos, pontos importantes e experiências significativas suas com o tema proposto. Uma verdadeira preparação significa meditar sobre o assunto. (Acredite, essa é a melhor forma de garantir um bom resultado com o seu guest post). Medite sobre o tema até que ele se torne suave e fluente. Vá anotando suas ideias no Word, ou num bloco de notas, até que a coisa comece a fluir naturalmente. Você vai ver como é fácil arrumar e organizar os tópicos do seu guest post depois desse período de meditação.

Capte insights e reúna dados

Não se limite. Até a data de entrega do seu guest post, poderão surgir diversos insights para complementar o conteúdo. Isso vai deixar as informações “mais frescas” e o seu post mais inspirador. Um bom autor se mantém atento aos inputs e está sempre conectando pontos. Por isso não torne as coisas frias e inflexíveis, escrevendo um artigo no “padrão redação”. Pense como um autor de verdade.

Faça boas pesquisas para reunir dados sobre o tema abordado. Números deixam o conteúdo com mais autoridade. Escolha bem as fontes, e se possível só inclua dados feitos por especialistas e divulgados por sites de confiança. Dados incertos e imprecisos jogam contra e enfraquecem o conteúdo. Também faça questão de citar a fonte, entre parênteses, ou com o link do site de onde você retirou.

Inclua histórias, se possível

Uma história criativa e autêntica é capaz de conectar a emoção das pessoas e inspirá-las à ação de forma única. O storytelling, a arte de contar histórias, é uma estratégia muito poderosa para conseguir atenção de seus leitores. A história do seu guest post pode ser sua, da sua própria empresa, do produto, do serviço ou de qualquer outro elemento relacionado ao tema em questão. O importante é que seja boa, que conecte. Sempre que posso, incluo narrativas em meus posts, e isso notoriamente amplia os meus resultados. Se você se esforçar para contar uma boa história (real e motivadora), não será diferente com você.

Escreva um título impossível de ser ignorado

O título é o elemento mais poderoso de um texto, sendo ele o primeiro responsável por despertar (ou não) o interesse do leitor. Capriche nos títulos de seus guest posts. Um mal título pode matar todo o resto, e isso não é o que você deseja. Perca tempo, ou melhor, dedique tempo na construção de seus títulos. Eles serão determinantes para atrair a audiência e poderão abrir as portas para a construção e um relacionamento que irá render frutos para ambas as partes.

Desperte o interesse do leitor logo no primeiro parágrafo

Escreva ansiando que as pessoas participem da leitura, não passivamente, mas como se estivessem num diálogo. Se esforce para falar com as pessoas e não falar para as pessoas. Converse francamente com o leitor e perceba como ele irá reagir melhor. Aliás, leve isso para todo tipo de produção. A internet é caracterizada pela construção de diálogo, onde seguidores, leitores e fãs têm o poder e o direito de interagir com os mensageiros. Seja um bom conversador.

Escreva pensando na audiência

O escritor persuasivo deseja sinceramente que os seus leitores sintam o que ele está sentindo, concordem com o seu ponto de vista, façam aquilo que ele está dizendo que deve ser feito. A audiência, e não ele mesmo, deve ser o centro.

Porte-se como um evangelista apaixonado conscientizando as pessoas que sua causa é justa. Foque na mensagem, naquilo que você promove. Não discurse friamente sobre um tema. Um bom evangelista tem amor pelo que faz, e isso é naturalmente percebido.

Como escrever um guest post indiscutivelmente incrível: A entrega

guest post

A parte final deste conteúdo é dedicado à entrega de seu guest post. São 3 dicas para você arrematar o trabalho entregando um artigo realmente incrível.

Não entregue antes de revisar pelo menos 3 vezes

Este é um grande conselho. A revisão está entre as premissas da boa escrita. Tive que errar algumas vezes para defender isso. Já entreguei guest posts revisados apenas uma vez e depois fiquei pensando: “poxa, poderia ter escrito aquele trecho de outra forma”. Foi então que decidi não entregar qualquer conteúdo, seja ele encomendado por clientes, para mim mesmo ou um post para outros blogs, antes de passar por uma boa revisão.

O ideal é sempre revisar um dia depois de ter escrito. Chamo isso “milagre do dia seguinte”. Sempre consigo enxergar mais do que se estivesse revisando no mesmo dia. Depois de revisar a construção das ideias, a gramática a ortografia, duas vezes, leio o texto em voz alta na terceira vez. A voz silenciosa interior nem sempre é suficiente. Ao ler em voz alta, você treina o seu ouvido para detectar trechos que não estão soando bem. Experimente fazer isso.

Pedir para algum amigo ler e analisar o que você escreveu é outra boa prática.

Coloque os links certos

Lá atrás eu comentei sobre os links. Faço questão de reforçar a informação. O guest post é um tipo de publicação perfeita para te ajudar com o SEO, por isso escolha bem os links que irão entrar no conteúdo. Procure optar por incluir aquele post que você quer ranquear, mas claro, desde que ele esteja dentro do contexto.

Não caia no erro de encher seu artigo de links. Isso vai comprometer o resultado final e vai deixar explícito que você está aproveitando a oportunidade somente para tirar vantagem. Não se esqueça também de incluir links da própria plataforma onde o artigo será publicado. Lembre-se da parceria. Quanto à quantidade de links, num post de 1000 palavras, por exemplo, 4 são suficientes, dois seus e dois da plataforma. Mas isso é apenas uma sugestão, não uma regra.

Envie os eu conteúdo com um “Q” a mais

Eu gosto de enviar ou pelo menos sugerir o tipo de imagem. Faço uma pequena análise do tipo de imagens que o blog costuma escolher e encontro algumas no estio apara enviar junto com o meu post. Essa é uma forma de entregar mais e mostrar para o anfitrião que você se preocupou. Mesmo que ele não use, será legal saber que você pensou nisso. Também envio uma pequena descrição de como eu produzi o post, lembrando do objetivo e até citando os links da plataforma que forma incluídos. O profissionalismo fica evidente.

Você pode pensar no guest post como uma publicação comum ou como uma verdadeira parceria de negócios que vai te ajudar a chegar onde você quer. 

Mãos à obra!

Parabéns por ter chegado até aqui. Isso significa que você está mais bem preparado para produzir um guest post incrível e gerar mais resultados para o seu negócio na internet. Agora o seu trabalho é sair e descobrir onde suas publicações poderão acontecer e como você vai tornar isso uma ótima forma de fazer negócios.

Se você tiver dificuldades com a escrita, nada impede que você contrate um especialista em produção de conteúdo para lhe ajudar. Aliás, muitas empresas hoje contam com estrategistas e redatores para conseguirem colocar seus planos de conteúdo em ação. Você pode fazer isso também. Se precisar de ajuda com isso, ou se deseja um post meu em seu blog, entre em contato pelo e-mail: contato@paulomaccedo.com

Para fechar, um convite especial:

Cadastre-se e aprenda a usar o marketing de conteúdo para atrair, engajar e converter clientes!

Tudo o que você precisa saber para gerar mais tráfego, mais leads e mais vendas usando o poder da persuasão e copywriting!

Paulo Maccedo

Paulo Maccedo

Paulo Maccedo é autor de livros sobre marketing e criação de riquezas e copywriter de resposta direta. Escreveu 2 livros best-sellers sobre escrita persuasiva, um deles, considerado o livro mais completo sobre copy do mercado brasileiro. Carioca, casado, pai do Peter Gabriel, gosta de rock, churrasco e literatura.
Paulo Maccedo

Paulo Maccedo

Paulo Maccedo é autor de livros sobre marketing e criação de riquezas e copywriter de resposta direta. Escreveu 2 livros best-sellers sobre escrita persuasiva, um deles, considerado o livro mais completo sobre copy do mercado brasileiro. Carioca, casado, pai do Peter Gabriel, gosta de rock, churrasco e literatura.

Deixe uma resposta

Quem gostou deste artigo leu um desses

Fechar Menu