Como vender como afiliado usando blogs e conteúdo

Como vender como afiliado usando blogs e conteúdo

Já pensou se a internet não tivesse conteúdo? Não faz sentido, não é?  Imagine você acessar o Google e não encontrar nenhum post depois de uma busca por algum termo específico? Você não teria como pesquisar certos assuntos e, provavelmente, não acharia este artigo com informações sobre como vender como afiliado, por exemplo.

Deu para entender onde quero chegar, não é?

Sim, o conteúdo sempre foi e será o elemento que dá sentido à internet. Se não fosse o conteúdo (seja vídeo, texto ou áudio), o ambiente digital simplesmente não existiria. Isso é fácil de entender, mas que parece que muita gente não deu conta ainda que o conteúdo também é essencial para qualquer estratégia de marketing feita no ambiente digital. Inclusive, o marketing de afiliação. 

Mas o que o conteúdo tem a ver com afiliado e a coisa toda? Bem, isso é o que eu vou responder a partir de agora…

como vender como afiliado

 

Você já sabe o que um afiliado faz?

Tenho tratado bastante sobre este assunto aqui no blog, inclusive, compartilhei há pouco tempo com você a minha experiência como palestrante em um dos maiores eventos de marketing da América Latina, o Afiliados Brasil. Se você ainda não viu, não esquece de dar um “pulinho” lá e conferir depois. Tem muita informação bacana lá pra você que quer trabalhar com este formato.

Agora voltando, só para gente deixar as coisas amarradinhas: um afiliado é alguém que vende produtos de terceiros na internet. Funciona basicamente assim:

1 – Existe o produtor, que é quem cria os produtos digitais (seja um e-book, treinamento, videoaula ou qualquer outro produto/serviço que seja disponibilizado apenas pela internet);

2 – Ele cadastra os seus produtos em um programa de afiliados com as comissões que deseja pagar;

3 – Você se cadastra em um programa de afiliados (como o Monetizze, Eduzz ou Hotmart, por exemplo) e escolhe os produtos disponíveis na plataforma para vender;

4 – Você recebe links exclusivos para divulgar e sempre que alguém comprar por esses links, você recebe comissões.

Neste 4º passo de como vender como afiliado é onde o conteúdo e o blog entram em cena…

Exatamente na divulgação dos seus links para que as pessoas comprem por ele e não por outro lugar. Afinal, já se perguntou como alguém acharia o seu link se não fosse através de um conteúdo? Não teria sentido e relevância (até os anúncios exigem algum tipo de conteúdo).

Portanto, se você quer vender mais, deve atrair pessoas e não existe nada melhor que o marketing de conteúdo para te ajudar com isso. Aliás, tem uma frase de Seth Godin que indica exatamente porque você deve dar importância a essa estratégia:

Marketing de conteúdo é a última estratégia de marketing que sobrou. 

Forte, não é? Sim, agora vamos entender agora o que deve ser feito para que isso funcione bem no seu negócio de afiliado.

Marketing de conteúdo como estratégia de vendas

como vender como afiliado

Atuo em projetos que tem a afiliação como fonte de venda principal e outros que usam o modelo para completar os ganhos. Em ambos os casos, o conteúdo tem um papel importantíssimo para fazer os sites e os produtos serem encontrados, gerar relacionamento e para converter diretamente.

Em algumas estratégias de afiliação que atuo, são gerados conteúdos para todas as fases da jornada de compra. Então criamos o que o chamamos de “camadas de conteúdo”. Algumas dessas “camadas”, se bem construídas, podem ser responsáveis por comissões automáticas orgânicas num blog a partir de artigos de conversão.

Vamos entender melhor!

“A primeira camada de conteúdo”

O primeiro motivo, e talvez principal dentre muitos, para investir em conteúdo como estratégia de vendas, é que ele te permite ser facilmente encontrado.

O seu potencial cliente gasta um bom tempo com consumo de informações hoje. Ele provavelmente está conectado ao Google, ao Facebook ou ao YouTube, por exemplo, usando dispositivos como notebook, tablet ou smartphone. A primeira coisa que ele tende a fazer é interagir com conteúdo que desperte seu interesse para algo.

Na jornada de compra, essa é a fase de descoberta e aprendizado, onde o consumidor não sabe (ou não sabe muito bem) que tem um problema ou necessidade. Ele ainda está despertando o interesse para determinado tema e o seu objetivo como afiliado é capturar a sua atenção para mais adiante fazê-lo perceber que ele tem um problema ou uma oportunidade de negócio.

Uma “primeira camada” de conteúdo surge nessa etapa. Aqui é hora de alimentar seu blog com posts objetivos e relevantes que despertem o interesse da pessoa. A ideia é lançar conteúdo otimizado para garantir um volume de tráfego.

Em um vídeo do meu canal, eu conto como ajudei um dos meus clientes a aumentar o número de visitas do seu blog em mais de 300% com conteúdos otimizados. Muitos deles eram conteúdos de “descoberta e aprendizado”.

“A segunda camada de conteúdo”

Reconhecimento do problema…

Aqui o seu cliente em potencial já se aprofundou um pouco mais no tema e percebe que tem um problema ou oportunidade. O objetivo é “gerar” essa necessidade nele, ou melhor, revelar para ele um problema que ele tem, mas que ainda não sabia. A partir disso, ele começa a pesquisar e estudar mais o problema e ir atrás de soluções para ele.

Pode ser que ele já compre o produto de afiliado que você oferece ou, ao menos, clique no link para conhecer essa possível solução. Se você conseguir gerar boas informações sobre o tema, fica mais fácil fazê-lo perceber que o que você tem em mãos é bom para ele.

Em algumas estratégias de afiliados, trabalho com artigos maiores, que permitem explorar melhor as informações e trazer uma consciência mais instantânea sobre o problema. Um estudo da CrazzyEgg mostra que os conteúdos mais longos convertem 30% a mais do que os curtos.

Dica: tenho um e-book que ensina como criar artigos longos que convertem indiscutivelmente mais. Baixe gratuitamente aqui!

“Terceira camada de conteúdo”

Após pesquisar mais, o comprador mapeou algumas soluções possíveis e começa a avaliar o que será bom para ele. Essa fase é chamada de consideração da solução. Aqui é preciso que ele identifique o seu produto que você indica como uma excelente solução para ele.

É interessante criar senso de urgência para que ele avance no processo e não deixe para resolver o problema depois (ou tenha tempo para ir atrás de outras soluções). É aqui que muitos afiliados profissionais vendem, principalmente usando reviews. Tenho alguns exemplos de reviews que vendem aqui no blog, veja:

Claro que resumi bastante o processo, mas acredito que já tenha dado para você entender. Essas várias “camadas” de conteúdo no seu blog servem para fazer o cliente passear pelos posts e chegaram até o produto de afiliado, por isso deve haver também uma boa tática de links entre eles.

Por isso que criar uma estrutura de conteúdo funcional é uma das melhores coisas que você, que procura saber como vender como afiliado, deve fazer. No meu canal no YouTube, estou preparando uma série de vídeos que mostram exatamente como fazer isso. Caso você não esteja inscrito ainda, pode fazer isso aqui.

como vender como afiliado

Subindo o nível do conteúdo para garantir as tão sonhadas conversões automáticas

Ok, já mostrei como o conteúdo do seu blog trabalha na jornada de compra. Agora é hora de conferir aspectos que vão fazer total diferença em sua estratégia de como vender como afiliado. Aconselho que também leia um dos artigos mais lidos e comentados aqui do blog:

Uso de prova social

Pense comigo: é melhor comprar algo que você conhece e que foi indicado por alguém, do que se arriscar no desconhecido, ou seja, em um serviço ou produto que ninguém sabe as características, concorda?

É por isso que usar prova social em seu conteúdo funciona tão bem. Sempre que for possível, use depoimentos de pessoas que já usaram aquilo que você está oferecendo. Veja um exemplo de prova social que usei em um artigo que fiz sobre o Demolição Digital, produto o qual eu sou afiliado:

como vender como afiliado

Aposta em engajamento

O engajamento se relaciona com quanto o público participa, comenta e se mobiliza em torno da marca através da presença online. Um exemplo de como funciona o engajamento social na prática:

Após ser atraído por um conteúdo no Facebook (envolvimento), a pessoa procura e segue a marca em seus canais digitais, como blog e fanpage (interação), comenta em posts, faz alguns questionamentos sobre a marca nestes canais, expressa alguma opinião sobre ela (intimidade). Após consumir novos conteúdos ou comprar o produto, passa a recomendá-la aos amigos (influência).

Estudos feitos pelo Google e a Advertising Age com consumidores, profissionais da área de marketing e meios de comunicação apontaram números interessantes:

Enquanto 9,8% dos consumidores engajados e 40,2% dos hiperengajados compram um produto online diversas vezes por semana, apenas 8,1% dos consumidores que evitam o engajamento online compram com a mesma frequência.

Além disso, os hiperengajados, que representam 15,5%, compram um produto online todo dia, o que prova que ter uma estratégia para incentivar e gerir o engajamento de uma empresa na internet é essencial para o aumento das vendas.

Portanto, crie conteúdos que tenham o objetivo de engajar pessoas. Assim, elas estarão mais propensas a comprarem seus produtos de afiliado.

Preparação do conteúdo para conversão

Conversão é a palavra de ordem!

O intuito de saber como vender como afiliado usando o conteúdo e o blog serve exatamente para isso: converter.

Todo o conteúdo tem um propósito e o de costume é levar conhecimento relevante às pessoas, e como gratidão ele resolve clicar no seu link, comprar de você e te fazer ganhar mais comissões. Essa é uma das coisas.

Outra é usar elementos que facilitem as coisas para você. CTA persuasivo, botão chamativo, imagens de impacto, vídeos explicativos, links em locais estratégicos, tudo isso pode te ajudar a vender mais como afiliado através do conteúdo que você lança.

É necessário um processo criativo e estratégico para gerar mecanismos que possam estimular os potenciais clientes a avançarem nos próximos passos em direção à venda concreta. E para isso, você tem dois caminhos: ou aprende a fazer ou contrata alguém que saiba.

Recorrência

Tenho conscientizado a todos os meus clientes sobre a importância de lançar conteúdo com frequência. Marcar terreno na internet deve ser um trabalho progressivo e não parcial. Durante 4 anos, atuando diretamente em estratégias de marketing digital, percebi que os negócios que mais se destacam em alguns quesitos, inclusive de afiliados, são aqueles que mantêm a regularidade de suas publicações.

Posso citar o caso de Pedro Quintanilha com a Mentalidade Empreendedora, que atualiza seu blog semanalmente com vídeos e artigos novos. Presto serviços para essa empresa desde março de 2015 e de lá para cá, não teve uma semana sequer em que o blog não foi atualizado.

Não é à toa que o site deles hoje é reconhecido como um grande portal de empreendedorismo e recebe uma chuva de tráfego vinda do Google e de outros motores de busca. Não vai demorar para que o trabalho com a Mentalidade Empreendedora seja um dos grandes cases de marketing de conteúdo do Brasil. A continuidade em sua linha editorial terá parte disso.

Lembre-se: marketing de conteúdo pede regularidade. Claro, estratégia é algo mutável e sempre deve sofrer alterações. O que significa que você terá que renovar os objetivos de negócios e alinhar isso com o que está sendo publicado. Mas a grande lição deste tópico é:

Não deixe a máquina de conteúdo parar!

Agora você já sabe como vender como afiliado usando conteúdo e blog…

como vender como afiliado

Destaco que o trabalho com o conteúdo consiste num projeto de médio e longo prazo, porém, seus benefícios são enormes, principalmente para gerar tráfego orgânico (não pago) e conversões automáticas no blog.

Importante saber que quanto mais tempo você demorar para adotar o marketing de conteúdo, mais tempo será necessário para o seu negócio gerar resultados satisfatórios.

Se você quer conseguir adotar essa estratégia e ampliar suas chances de conversão, eu te dou o caminho:

Posso te ensinar a transformar o seu blog em um gerador eficiente de novos negócios através do conteúdo nos vídeos do meu canal. Neles eu te indico os melhores caminhos para sua produção de conteúdo ser preparada para a conversão. Acesse pelo botão abaixo…

como vender como afiliado

Paulo Maccedo

Paulo Maccedo é autor de livros sobre marketing e criação de riquezas e copywriter de resposta direta. Escreveu 2 livros best-sellers sobre escrita persuasiva, um deles, considerado o livro mais completo sobre copy do mercado brasileiro. Carioca, casado, pai do Peter Gabriel, gosta de rock, churrasco e literatura.

Este post tem 5 comentários

  1. Eu também estou ai neste caminho do Marketing Digital.
    Meu forte é a area de Tráfego de Visitantes.
    Gostei do artigo, vou ver outros aqui.

Deixe uma resposta

Fechar Menu